I always recommended BlueHost Reviews for my clients. How to find the best web hosting service for business websites.

O maior produtor de uva moscato do Estado

Imprimir

A colheita da uva, iniciada em meados de fevereiro, deve se estender até a primeira quinzena de março, em São Jorge.

O município vem se destacando na região por ter a maior área de cultivo da uva moscato branco do Estado, atualmente com 130 hectares, além da uva orgânica, com 19 hectares de uvas das variedades bordo e violeta.

Conforme dados da Emater/RS-Ascar de São Jorge, o município possui atualmente, 290 hectares para o cultivo de videiras, sendo, 263 hectares em produção e 27 hectares em formação, destinados para uvas brancas, usadas para produção de moscateis e espumantes (moscato branco, malvasia, prosecco e trebiano).

A base econômica do município é basicamente agrícola, sendo que, praticamente metade da sua população é rural, somando 438 famílias. E, se falando em produção de uvas, são 112 viticultores envolvidos na atividade.

A Emater/RS-Ascar estimava colher 6,5 mil toneladas de uvas, mas, conforme explica o técnico Cláudio Luza, problemas na brotação, com baixo número de galhos produtivos e perdas pela estiagem, acarretará cerca de 25% de perda na estimativa inicial, ficando em torno de 4,5 mil toneladas. Por outro lado, ressalta Luza, a qualidade e o grau da uva estão muito bons, o que deve resultar num melhor preço pago ao viticultor, sobressaindo ao da safra passada.

Os viticultores contam com um acompanhamento da Emater/RS-Ascar e da Secretaria Municipal de Agricultura, em visitas às propriedades, reuniões, seminários, dias de campo e demonstrações técnicas. “Um trabalho forte foi sempre no sentido de aquisição de porta-enxertos melhorados, correção e fertilidade do solo, adubação de cobertura, poda de inverno, poda verde, enxertia de inverno e verde, redução do uso de agrotóxicos, produção de uva orgânica, plasticultura, orientação e busca de comercialização e produção com qualidade” destaca Luza.

O que vem ganhando cada vez mais demanda é a busca por produtos orgânicos, aqueles produzidos sem uso de agrotóxicos. O início da implantação do primeiro vinhedo de uva orgânica aconteceu em 2005, na propriedade do viticultor Nelso Vígolo, sendo que a primeira safra foi comercializada em 2008.

Desde então, o número de viticultores e de área cresceu ano a ano, chegando atualmente a 12 produtores de uva orgânica, nas variedades bordo e violeta, usadas para sucos. Estes viticultores tem o certificado de produtor de uva orgânica, junto a empresa certificadora Ecocert, o que garante a procedência e qualidade da produção e também um maior ganho na hora da comercialização.

A crescente produção no município também demanda mais mão de obra, mas com o uso de tecnologias, é possível diminuir a fadiga e reduzir os custos, e, consequentemente, cuidar melhor da saúde.

Em 2017, a família do Sr. Zelindo Zanon, adquiriu sua primeira desfolhadora de uva. Esta máquina faz o trabalho de poda verde, retirando o excesso de folhas para aumentar a qualidade final da uva. Em 2019, em parceria, o Sr. Rudimar Ferro e o Sr. Jones Frata, também adquiriram destas máquinas. Para a próxima safra, já foram encomendadas mais cinco máquinas, desta vez, através de uma parceria entre os viticultores da comunidade de Nossa Senhora do Horto, região onde se concentra a maior área de parreirais e também o berço da produção vinífera em grande escala no município.

Outro investimento é a utilização de contentores bins, caixas plásticas que comportam até 500 quilos, facilitando a colheita no sentido de carregamento e descarregamento, diminuindo tempo e mão de obra.

Os moscateis e espumantes produzidos da Serra Gaúcha estão entre a lista dos melhores do mundo, isso se deve a qualidade de produção existente na região, da qual os viticultores de São Jorge fazem parte deste mérito.

 

Prefeitura Municipal de São Jorge
Avenida Daltro Filho, 901 - São Jorge - RS - Brasil
Telefone: (54) 3271 1112 - E_mail: imprensa@saojorge.rs.gov.br
CEP: 95365-000
© 2014 Prefeitura Municipal de São Jorge. Todos os direitos reservados.